Empréstimo para MEI até R$ 3.000: saiba como começar facilmente

Nova linha de crédito da Caixa Econômica Federal é para quem tem ou quer ter um pequeno negócio no Brasil.

Atualmente, mais de 13 milhões de microempreendedores individuais (MEIs) atuam no Brasil. Essa categoria foi criada para facilitar a formalização de pequenos empresários, além de garantir uma série de vantagens e benefícios, como empréstimos de até R$ 3.000. A novidade faz parte do SIM Digital (Programa de Simplificação do Microcrédito Digital) lançado pelo governo federal.

Leia também: Crédito: Saiba como sacar R$ 1.000 e R$ 3.000 na Caixa Tem

De acordo com as regras, quem estiver com o nome negativo também pode solicitar o dinheiro. No entanto, o valor precisa ser investido no próprio negócio, seja para compra de capital de giro, aumento de capital de giro ou compra de equipamentos.

CONDIÇÕES DE EMPRÉSTIMO PARA MEI CAIXA TEM

O cliente pode aplicar até R$ 3.000 para pagamento em 18 a 24 meses. A taxa de juros começa em 1,99% ao mês, uma das mais baixas do mercado.

Para se candidatar, o interessado deve se dirigir a uma agência da Caixa, portanto, além do comprovante de residência, documentos pessoais e da empresa renda. Uma vez aprovado, o dinheiro vai para a conta digital do Caixa Tem.

Pessoas Físicas
A Sim Digital também faz empréstimos para pessoas físicas, desde que sua finalidade seja investir os recursos em um negócio. Quem quiser começar um negócio pode fazer empréstimos entre R$ 300 e R$ 1.000 com taxa de juros de 1,95% ao mês e prazo de até 24 meses.

Esse público-alvo pode pegar o empréstimo em o App auto alugue o Caixa Tem sem precisar ir a uma agência. No caso das negativas, a dívida não deve ultrapassar R$ 3.000.

Veja também:

Comentários estão fechados.