Imposto de Renda: Saiu o Cronograma de Restituição da Receita Federal

0

🚨 URGENTE! Entre para nosso Grupo do WhatsApp de notícias e concorra a até R$1.000,00 todo mês pago no seu PIX!

ENTRAR NO GRUPO DO WHATSAPP

Segundo dados oficiais, o reembolso da Receita Federal referente ao imposto de renda será pago em cinco parcelas no segundo semestre deste ano.

A Receita Federal já divulgou o cronograma da restituição do imposto de renda referente a este ano de 2022. 

As datas para reposição do valor deverão ocorrer a partir do segundo semestre do ano. Abaixo estão os dias em que o dinheiro deve ser depositado na declaração:

1º Lote sai dia 31 de Maio de 2022

2º Lote sai dia 30 de Junho de 2022

3º Lote sai dia 29 de Julho de 2022

4º Lote sai dia 31 de agosto de 2022

5º Lote sai dia 30 de Setembro de 2022

Indivíduos que declararam seu imposto de renda em datas anteriores são certamente mais propensos a receber um possível reembolso em datas anteriores. 

Leia também: Fim do crédito consignado e suspensão do crédito para aposentados

Isso significa que você pode sacar o dinheiro em 31 de maio de 2022 ou até mesmo em 30 de junho de 2022.

Calendário de restituição do imposto de renda

De acordo com a Receita Federal, isso ainda não é possível saber a data exata em que cada cidadão será reembolsado, apesar da publicação dos dados. 

Todo o processo depende de uma série de análises e características específicas de cada cidadão. 

Por exemplo, existem algumas situações em que as pessoas têm prioridade no recebimento.

O cidadão que enviou a declaração nos primeiros dias do prazo e constatou que alguma informação está incorreta pode solicitar a retificação no mesmo requerimento enviado pela Receita Federal.

Nesse caso, porém, perde a prioridade de receber a restituição nos primeiros lotes de lançamento previstos para este ano de 2022.

Em qualquer caso, a Receita Federal garante que, independentemente do momento da declaração, o fato é que todos os usuários têm a possibilidade de obter o reembolso.

Se apenas o dinheiro for devido, ele receberá a quantia mais cedo ou mais tarde. Todas as dúvidas sobre o assunto podem ser feitas pela internet no site oficial da agência.

É importante lembrar que os brasileiros têm menos de um mês para enviar a declaração de imposto de renda à Receita Federal. A data limite para as inscrições é 31 de maio.

As autoridades fiscais anunciaram originalmente o dia 29 de abril como o prazo de entrega, mas decidiram prorrogar o prazo para recebimento.

Então as pessoas tiveram mais um mês para enviar os documentos.

De qualquer forma, não há indicação de que a Receita Federal vá prorrogar o prazo novamente.

As pessoas que não apresentarem a declaração até 31 de maio podem ser multadas em até 20% do imposto de renda devido.

O imposto de renda pode resultar em pena de prisão?

De acordo com o Código Penal, o cidadão que mentir ou fraudar o fisco federal pode cometer o crime de evasão fiscal.

Nos casos mais graves, ele enfrenta uma pena de prisão de até cinco anos. No entanto, situações como essa são mais raras do que você imagina.

Leia também: Cartão de crédito aprovado na hora: Quais os melhores

Na última segunda-feira (25), o Ministério da Fazenda Federal anunciou que pouco mais de 17 milhões de brasileiros já declararam imposto de renda.

Ao mesmo tempo, mais de 18 milhões de outros não transmitiram.

Uma nova atualização dos números deve ser divulgada ainda nesta segunda-feira (2).

Independentemente dos novos dados, os especialistas continuam dizendo que a dica número um é não declarar as informações no prazo. Quanto antes melhor.

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

Receba em primeira mão!

Seja o primeiro a receber as notícias mais relevantes do dia para você. Inscreva-se abaixo:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.