INSS libera pagamentos extras para aposentados este mês

0
Publicidade

Alguns aposentados do INSS podem receber dinheiro extra este mês. Este pagamento refere-se aos pagamentos atrasados ​​que os segurados são obrigados a receber da autossuficiência, seja de ações judiciais para revisão ou concessão de benefícios. Os pagamentos são possíveis há algum tempo. No mês de julho, aqueles cuja forma de pagamento for Antecipado os receberão. Veja:

Leia também: Aposentados do INSS podem ganhar mais de R$ 70.000 desta forma

Muitos aposentados e outros segurados do INSS têm ajuizado ações contra a agência quando constatam irregularidades no pagamento de seu benefício ou mesmo a demora na concessão desses benefícios após a solicitação à instituição. Por ordem do tribunal, os segurados que venceram as ações já começaram a receber os pagamentos.

Não foi possível salvar sua assinatura. Por favor, tente novamente.
Parabéns! Você está inscrito. Enviamos um e-mail para você com a confirmação.

Receba todas as Notícias em primeira mão!

O pagamento adicional para aposentados do INSS foi feito por meio de duas modalidades: Requisições de Pequeno Valor (RPV) e Precatórios. No mês de julho, começaram os precatórios, a serem pagos até 15 de agosto. Entenda o que é cada modalidade:

Sinistros de Baixo Valor O

Publicidade

RPV é uma modalidade de pagamento utilizada pelo Instituto para sinistros que não ultrapassem o valor de 60 salários mínimos, ou seja, R$ 72.720 de acordo com o salário mínimo vigente. Como os valores envolvidos são menores, os segurados são pagos mais rapidamente dessa forma

.
Os precatórios são uma forma de pagamento para ações judiciais superiores a 60 salários mínimos. Dessa forma, a transferência para os beneficiários será mais demorada. No entanto, tal publicidade deve ser recebida dentro do prazo de 15 de agosto estabelecido acima.

Como os pensionistas do INSS podem verificar se têm direito ao pagamento?
Os pensionistas do INSS que julgaram positivamente as ações movidas no período de 02 de julho de 2020 a 01 de julho de 2021 terão acesso aos valores.

De acordo com o Conselho Federal de Justiça, a distribuição foi dos valores para o caso beneficiário do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TRF) da respectiva região em que o processo foi instaurado. Portanto, para realizar a consulta, cada beneficiário deve acessar o site desta agência.

Publicidade

Os dados solicitados durante a consulta são o número do processo e o nome do advogado responsável, bem como algumas informações simples que variam de instituição para instituição. Veja abaixo qual TRF corresponde a cada região e o link para visualizar os valores dos sinistros.

Publicidade

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.