Novo auxílio para as mulheres brasileiras revelado por Bolsonaro; Veja quem recebe

0

A missão do auxílio é melhorar a proteção das Mulheres que são mãe e do filho durante a gravidez e garantir melhor desenvolvimento do bebê.

🚨 URGENTE! Entre para nosso Grupo do WhatsApp de notícias e concorra a até R$1.000,00 todo mês pago no seu PIX!

ENTRAR NO GRUPO DO WHATSAPP

O presidente Jair Bolsonaro (PL) assinou o regulamento, que confirma a liberação de um benefício de R$ 65 para gestantes cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico) e incluídas em outros programas sociais existentes.

Leia também: Empréstimo para Negativados com pagamento em 24 horas e parcelamento de R$ 100

A medida foi batizada de Benefício Composición Pregnante (BCG). O objetivo é apoiar as gestantes do Auxílio Brasil para complementar a renda das famílias beneficiárias. Teoricamente, os grupos são formados por pessoas em situação de pobreza e extrema pobreza, ou seja, pessoas de baixa renda.

Quem recebe a ajuda além das Mulheres ?

Basicamente, gestantes cadastradas no CadÚnico e no Auxílio Brasil benefício obter. Os pagamentos serão feitos durante todos os meses de gestação no valor de R$ 65.

Vale ressaltar que cada gestante pode receber apenas um BCG, mas sem limite de beneficiários por família. Se a mulher engravidar novamente, o subsídio será pago novamente após um ano.

Qual é o objetivo da ação para Mulheres ?

Em suma, a missão do programa é melhorar a proteção da mãe e do filho durante a gravidez, para que as mães possam prestar mais atenção às fases do desenvolvimento infantil.*100003 *

Mulheres Como se inscrever e participar?

Além de se cadastrar no CadÚnico, as mães são selecionadas com auxílio do Ministério da Saúde com base em dados do Sistema Único de Saúde (SUS). Nesse caso, a identificação dos beneficiários se dá de duas formas:

Cadastro no Sistema de Informação em Saúde da Atenção Básica (SISAB); e
Com base em dados de serviços de saúde que já estabeleceram rotina de monitoramento das condições de saúde.
Em relação aos pagamentos, o calendário com as datas de remessa deve seguir o cronograma do Auxílio Brasil, que segue o número final do NIS de cada beneficiário está organizado.

Veja também:

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

Receba em primeira mão!

Seja o primeiro a receber as notícias mais relevantes do dia para você. Inscreva-se abaixo:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.