Novo RG substitui CPF e passaporte? Entenda as mudanças

0

O novo RG já está em vigor. O novo modelo substituirá o CPF e o passaporte? Entenda as principais alterações e quando alterar seu documento.

🚨 URGENTE! Entre para nosso Grupo do WhatsApp de notícias e concorra a até R$1.000,00 todo mês pago no seu PIX!

ENTRAR NO GRUPO DO WHATSAPP

O novo modelo de carteira de identidade terá um número uniforme no Brasil além de um QR code. O prognóstico é que até 3 de março do ano que vem todos os institutos de identificação estejam prontos para emitir o novo RG. Mas o documento substituirá o CPF e o passaporte?

Segundo o governo federal, a mudança permitirá uma melhor verificação dos dados de cada cidadão. Anteriormente, a mesma pessoa podia ter até 27 IDs diferentes. Ou seja, um em cada estado brasileiro.

Nova carteira de identidade RG para substituir CPF e passaporte?


A unificação em todo o território nacional levantou dúvidas. Muita gente quer saber se o novo modelo do RG vai substituir o CPF e também o passaporte.

E a resposta é: não. O que está acontecendo é que o novo RG unifica o número do documento por meio do CPF. E o passaporte ainda é necessário. No entanto, o RG é considerado um documento de viagem.

Isso porque o novo modelo atende aos padrões internacionais, pois traz o código MRZ (Machine Readable Zone). Igual aos passaportes e pode ser lido por dispositivos.

No entanto, o RG só é válido como documento de viagem internacional para países que fazem parte do Mercosul. Desta forma, ajuda a verificar a validade dos dados apresentados pelos viajantes. De qualquer forma, o passaporte ainda é necessário.

De acordo com a previsão do governo federal, as secretarias estaduais de segurança dos estados federados individuais e do distrito federal são responsáveis ​​pela emissão do novo RG. O modelo entrou em vigor em 1º de março. E a saída é gratuita. Para pessoas até 60 anos, a carteira de identidade atual ainda é válida por 10 anos.

Para pessoas acima de 60 anos, o documento é válido por tempo indeterminado. Assim, o novo RG não substitui nenhum documento que não seja a própria identidade. O novo documento visa ajudar a reduzir a fraude de dados do cidadão.

Veja também:

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

Receba em primeira mão!

Seja o primeiro a receber as notícias mais relevantes do dia para você. Inscreva-se abaixo:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.