Pagamento de até R$ 1.000 pela Caixa para quem quiser desistir da luta; ver Solicitação

Publicidade

Quem atua como microempreendedor individual Caixa pode solicitar uma faixa de crédito ainda maior, de até R$ 3.000.

A Caixa Econômica Federal oferece crédito para quem deseja sair das dificuldades e crescer Em vida. A iniciativa é oferecida por meio do Programa de Simplificação do Microcrédito Digital (SIM Digital), que oferece empréstimos de até R$ 1.000 para quem desejar se envolver.

Leia também: Crédito: Saiba como sacar R$ 1.000 e R$ 3.000 na Caixa Tem

Não foi possível salvar sua assinatura. Por favor, tente novamente.
Parabéns! Você está inscrito. Enviamos um e-mail para você com a confirmação.

Receba todas as Notícias em primeira mão!

Além das pessoas físicas, a modalidade de empréstimo bancário também oferece um atendimento àqueles que atuam como microempreendedores individuais (MEI). O valor do empréstimo é novamente maior e está no limite de até R$ 3.000. Confira abaixo os detalhes das duas modalidades!

R$1.000 e R$3.009 Empréstimos à vista
Confira abaixo como funciona cada tipo de empréstimo oferecido pelo banco para quem está começando um negócio ou a empresa deseja expandir:

Para pessoa física

Publicidade

Limite de crédito: até R$ 1.000
Taxa de juros: a partir de 1,95% ao mês
Prazo de pagamento: máximo 24 meses
Para MEI
Limite de crédito: até R$ 3 mil
Taxa de juros: a partir de 1,99% ao mês
Prazo de pagamento: também 24 meses
Para MEIs, deve-se comprovar 12 meses ou mais atividade/constituição na Categoria .

Como solicitar um empréstimo da Caixa?

Existem duas formas de solicitar um empréstimo. A primeira é destinada a pessoas físicas cuja solicitação é feita por meio do aplicativo Caixa Tem. Basta atualizá-lo para a versão mais recente e migrar sua conta poupança social digital para o Poupança Digital+.

Publicidade

No caso de MEIs, a solicitação é feita apenas presencialmente em uma agência da Caixa. Apesar da regra, em breve essa modalidade será transformada em virtual para facilitar ainda mais a contratação de microempreendedores.

Publicidade

Comentários estão fechados.