Auxílio Brasil vai pagar mais de R$ 500 em algumas cidades; Veja como funciona

0

Entenda porque o benefício Auxílio Brasil atinge valores acima do piso mínimo em algumas regiões. Saiba porque está aumentando a cada mês.

🚨 URGENTE! Entre para nosso Grupo do WhatsApp de notícias e concorra a até R$1.000,00 todo mês pago no seu PIX!

ENTRAR NO GRUPO DO WHATSAPP

Atualmente, o depósito mínimo do Auxílio Brasil é de R$400. No entanto, dados do Ministério da Cidadania mostram que em alguns municípios brasileiros o benefício ultrapassou R$ 500 neste mês de maio. Na cidade de Uiramutã, por exemplo, foi registrado o maior valor médio do benefício, chegando a R$ 562. O valor é 40% superior ao valor mínimo do programa e é destinado a famílias que vivem em situação de pobreza e extrema pobreza no Brasil.

Leia também: Crédito: Saiba como sacar R$ 1.000 e R$ 3.000 na Caixa Tem

Os demais municípios que também apresentaram pagamentos acima de R$ 500 foram Santa Rosa do Purus ( AC), Normandia (RR) e Campinapolis (MT). Mas por que a utilidade ainda tem esse valor nesses lugares? Saiba mais abaixo!

Como funciona o pagamento do Auxílio Brasil?


A composição do Auxílio Brasil pode oferecer uma extensa lista de benefícios que aumentam o valor pago aos beneficiários dependendo da composição familiar, renda e do que os Integrantes aparecem em sua vida profissional ou estudantil.

Confira abaixo Auxílio Brasil :

Benefício Composição Familiar: é pago a famílias com gestantes, nutrizes ou pessoas de 3 a 17 anos ou de 18 a 21 anos matriculadas no ensino fundamental. O valor do transfer é de R$ 65 por associado, limitado a 5 benefícios por família.
Benefício Primeira Infância: Destinado a famílias com filhos menores de 3 anos. O valor repassado é de R$ 130 por filho, limitado a 5 benefícios por família.
Benefício de Superação da Pobreza: Destina-se às famílias com renda menor ou igual a R$ 105 por pessoa, mesmo após a soma dos vantagens mencionadas. O valor é calculado caso a caso e a família recebe os recursos necessários para quebrar a linha de pobreza extrema por pessoa. Não há restrições quanto ao número de familiares.

Além disso, há outros cinco benefícios complementares que agregam os seguintes valores ao núcleo principal:

Bolsa Iniciação Científica Júnior: para alunos do Auxílio Brasil – Famílias que se destacaram em concursos acadêmicos e acadêmicos nacionais sobre temas da educação básica. São 12 parcelas mensais de R$ 100 para o aluno e uma parcela única de R$ 1.000 para a família.

Auxílio Esporte Escolar: Destina-se a estudantes de 12 a 17 anos, sócios das famílias beneficiárias do programa, que avançam para o terceiro lugar em competições oficiais do sistema lúdico escolar brasileiro em nível nacional, distrital ou estadual. São 12 parcelas mensais de R$ 100 para o aluno e uma única parcela de R$ 1.000 para a família.

Auxílio Criança Cidadã: concedido às famílias que recebem Auxílio Brasil e têm filhos de 0 a 4 anos. O suplemento é pago directamente aos centros de acolhimento de crianças aprovados. O valor mensal é de R$ 200 para crianças matriculadas em meio período e R$ 300 para crianças em período integral.

Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: Destina-se às famílias apoiadas pelo Auxílio Brasil que possuem Carteira de Trabalho assinada pelo um de seus membros. O valor mensal é de R$ 200. Limitado a um auxílio por família ou pessoa.

Auxílio de Inserção Produtiva Rural: Destinado a famílias favorecidas de Auxílio Brasil que tenham agricultores familiares em sua composição. A mensalidade é de R$ 200. Limitado a um subsídio por família ou pessoa.

Auxílio Criança Cidadã: concedido às famílias que recebem Auxílio Brasil e têm filhos de 0 a 4 anos. O suplemento é pago directamente aos centros de acolhimento de crianças aprovados. O valor mensal é de R$ 200 para crianças matriculadas em meio período e R$ 300 para crianças em período integral.

Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: Destina-se às famílias apoiadas pelo Auxílio Brasil que possuem Carteira de Trabalho assinada pelo um de seus membros. O valor mensal é de R$ 200. Limitado a um auxílio por família ou pessoa.

Auxílio de Inserção Produtiva Rural: Destinado a famílias favorecidas de Auxílio Brasil que tenham agricultores familiares em sua composição. A mensalidade é de R$ 200. Limitado a um subsídio por família ou pessoa.

Veja também:

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

Receba em primeira mão!

Seja o primeiro a receber as notícias mais relevantes do dia para você. Inscreva-se abaixo:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.