A inflação sobe e o regime ajusta a projeção salarial para 1,310 reais em 2023.

O custo previsto salarial do salário mínimo do próximo ano foi de 1.294 reais na iniciativa apresentada em Abril, mas um ajustamento foi essencial.

🚨 URGENTE! Entre para nosso Grupo do WhatsApp de notícias e concorra a até R$1.000,00 todo mês pago no seu PIX!

ENTRAR NO GRUPO DO WHATSAPP

Num cenário de inflação acelerada, o Regime voltou a aumentar a projecção do salário mínimo para 2023. A Secretaria de Política Económica do Ministério da Economia salarial estima agora que o salário mínimo deverá atingir R$ 1.310,17 no próximo ano.

Leia também: Triste notícia para os aposentados do INSS: veja quem está sendo prejudicado por isso

O aumento é de R$ 98,17 em comparação com o custo actual (R$ 1.212) e é superior à iniciativa da Lei de Orientações Orçamentais (PLDO) apresentada ao Congresso em Abril salarial . No ficheiro há um reajustamento de R$ 1.294.

A mudança foi essencial uma vez que o ajustamento mínimo está de acordo com a inflação medida pelo Índice Nacional de Custos do Consumidor (INPC). Em Abril, o Ministério das Empresas previu um INCP de 6,7% para este ano, mas aumentou agora a previsão para 8,1%.

Se a inflação calculada para 2022 for superior a esta percentagem, é necessário um novo cálculo. Por lei, a reforma do salário mínimo deve assegurar que o poder de compra dos trabalhadores não seja perdido, embora o Estado não tenha a obrigação de atribuir um aumento real.

Referência salarial

O salário mínimo é uma referência para 56,7 milhões de brasileiros, de acordo com o Gabinete Inter-União de Estatística e Estudos Sócio-económicos (Dieese). Pouco menos de metade, ou seja, 24,2 milhões, são beneficiários do Instituto Nacional de Estabilidade Social (INSS).

Veja também:

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso.

Receba em primeira mão!

Seja o primeiro a receber as notícias mais relevantes do dia para você. Inscreva-se abaixo:

Comentários estão fechados.